Show do Hanson em SP

Pode ser que muitas de vocês se perguntem, Hanson? Eles ainda existem? E digo que SIM com letra maiúscula, rsrsrs, pois eles existem e ainda fazem o maior sucesso entre as fãs que os acompanham desde de 1997, e eu sou uma delas. Na verdade eles nunca pararam, mas decidiram em uma fase difícil da banda sair da gravadora atual e criar sua própria gravadora, desta forma se tornaram uma banda independente. O cenário da música mudou muito e eles enfrentaram essa mudança de perto, decidiram não apenas de tornar uma banda moldada pelos padrões musicais da época e sim fazer música de verdade, mesmo que ela não bombasse nas rádios, mas que fosse algo verdadeiro, que tivesse um sentido na vida deles.

Hoje eles fazem um trabalho voltado especialmente para as fãs, são diversas as ações da banda com suas fãs que vale até um outro post para explicar melhor.

Eu acompanhei fortemente a banda por longos anos, era membro do fã clube oficial da deles, recebia todo ano um CD exclusivo da banda, lógico que isso tinha um custo, mas pagava com todo prazer. Meu último show deles foi em 2013 no RJ, desde então com a vida louca acabei me afastando um pouco, sem acompanhar passo por passo, mas sempre que surgia uma música ou clip novo eu estava de olho.

Esse ano quando a banda anunciou sua turnê mundial fiquei com  muita vontade de ir novamente, mas mais uma vez fui deixando de lado devido a vida corrida. Minhas amigas de Curitiba já haviam todas comprado ingresso, passagem, hotel e eu lá, envolvida com trabalho, blog e por aí vai. Até que na semana que eles chegaram ao Brasil as coisas mudaram, resolvi assistir ao Programa da Fátima, o Encontro, pois eles estariam lá ao vivo. Bingoooooo, coração acelerou e na hora me perguntei: Onde estou com a cabeça que não vou ao show da minha banda favorita?

Isso era uma quinta-feira e o show era sábado e nesse pouco período de tempo comprei ingresso, passagem, reservei o hotel e com certeza foi uma das melhores coisas que fiz naquele dia.

Depois que a gente passa dos 30, ou até mesmo antes, nos tornamos escravos do trabalho, das nossas obrigações e deixamos de lado coisas que realmente significam pra gente, como ir ao show da sua banda favorita, pular igual pipoca e depois sentir muita dor nas costas (idade pegando) rsrsrs.

Relembrei diversos momentos da vida ouvindo as músicas que marcaram minha adolescência e fase adulta, foi um show lindo, dei risada, me emocionei, chorei, pulei e cantei muitooooo, nossa, valeu cada centavo.

Faça algo que te mova!

Para acompanhar um pouco desse dia lindo assista ao vídeo que gravei com todo carinho para deixar registrado para sempre!

Espero que tenham gostado de viver esse dia de adolescente comigo!